Bibliografia

Pedagogia do oprimido

Autor: Paulo Freire

Editora: Paz e Terra

Ano: 2000

Resenha

Pedagogia do Oprimido é um dos mais conhecidos trabalhos do educador e filósofo brasileiro Paulo Freire. O livro propõe uma pedagogia com uma nova forma de relacionamento entre professor, estudante, e sociedade. O livro continua popular entre educadores no mundo inteiro e é um dos fundamentos da pedagogia crítica.

Dedicado aos que são referidos como “os esfarrapados do mundo”, o livro é baseado em reflexões realizadas durante seu exílio no Chile, período em que ajudou em experiências de educação popular. Freire inclui uma detalhada análise da relação entre os que ele chama de “colonizador” e “colonizado”, utilizando como base a “Dialética do Senhor e do Escravo” extraída da Fenomenologia do Espírito de Hegel.

Com mais de um milhão de cópias vendidas, é a terceira obra mais citada em trabalhos acadêmicos da área de humanas em todo o mundo, à frente de clássicos como Vigiar e Punir de Michel Foucault e O Capital de Karl Marx

Sobre o autor

Paulo Reglus Neves Freire (Recife, 19 de setembro de 1921 — São Paulo, 2 de maio de 1997) foi um educador, pedagogo e filósofo brasileiro. É considerado um dos pensadores mais notáveis na história da pedagogia mundial,[1] tendo influenciado o movimento chamado pedagogia crítica. É também o Patrono da Educação Brasileira.

Denuncie

Caso você esteja sendo perseguido, responda nosso questionário de denúncia.

Responder